Cortou uma mão e um pé para pedir indemnização

A mulher de 30 anos tentou convencer a polícia de que tinha sido atropelada por um comboio

Uma mulher vietnamita é acusada de ter pedido a um amigo que lhe cortasse uma mão e um pé para pedir uma indemnização, avançam os media locais.

A mulher de 30 anos, identificada como LTN, tentou convencer a polícia que tinha sido atropelada por um comboio e salva por um amigo, tudo para reclamar uma indemnização de 140 mil euros à sua companhia de seguros. Terá oferecido perto de 2000 euros ao amigo para a ajudar a construir esta versão.

O caso passou-se em maio: LTN deu entrada num hospital de Hanói, com parte de uma mão e parte de um pé decepados. Complicações fizeram com que os dois membros tivessem de ser amputados.

Segundo a polícia local, este é o primeiro registo que têm de um caso deste género na região de Hanoi, embora existam registos de outras tentativas de fraude no resto do país. A mulher, mãe de dois filhos, terá confessado que precisava do dinheiro para pagar dívidas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.