Cortou uma mão e um pé para pedir indemnização

A mulher de 30 anos tentou convencer a polícia de que tinha sido atropelada por um comboio

Uma mulher vietnamita é acusada de ter pedido a um amigo que lhe cortasse uma mão e um pé para pedir uma indemnização, avançam os media locais.

A mulher de 30 anos, identificada como LTN, tentou convencer a polícia que tinha sido atropelada por um comboio e salva por um amigo, tudo para reclamar uma indemnização de 140 mil euros à sua companhia de seguros. Terá oferecido perto de 2000 euros ao amigo para a ajudar a construir esta versão.

O caso passou-se em maio: LTN deu entrada num hospital de Hanói, com parte de uma mão e parte de um pé decepados. Complicações fizeram com que os dois membros tivessem de ser amputados.

Segundo a polícia local, este é o primeiro registo que têm de um caso deste género na região de Hanoi, embora existam registos de outras tentativas de fraude no resto do país. A mulher, mãe de dois filhos, terá confessado que precisava do dinheiro para pagar dívidas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).