Papa Francisco escolheu Tolentino Mendonça para o dirigir no seu retiro espiritual

As sessões de meditação serão torno do tema "O elogio da sede"

O papa Francisco partiu este domingo para Arricia, a cerca de 30 quilómetros de Roma, para fazer um retiro espiritual de alguns dias sob a direção do padre e teólogo português José Tolentino de Mendonça.

O papa abandonou o Vaticano pelas 15:00 de Lisboa, de autocarro e na companhia de alguns elementos da Curia, o governo do Vaticano, para durante uma semana fazer um retiro espiritual que todos os anos realiza durante a época da Quaresma.

As sessões de meditação, em torno do tema "O elogio da sede", decorrerão sob a orientação do padre José Tolentino de Mendonça, vice-reitor da Universidade Católica de Lisboa, segundo um comunicado da Santa Sé.

O tradicional retiro da Quaresma do papa Francisco e da Cúria Romana decorre na Casa do Divino Mestre, dos religiosos paulistas, em Ariccia.

Tolentino de Mendonça, ordenado padre em 1990, é também consultor do Conselho Pontifício para a Cultura (Santa Sé).

Ler mais

Exclusivos