Com Kim no avião e no quarto de hotel; a cimeira vista pela Coreia do Norte

Autoridades de Pyongyang divulgaram documentário de 42 minutos sobre o encontro de 12 de junho entre o presidente norte-americano e o líder norte-coreano em Sinpagura

Começa com uma vista sobre as nuvens e termina com Kim Jong-un a voltar à Coreia do Norte e a ser recebido em euforia por uma multidão que empunha flores e bandeiras. O documentário de 42 minutos divulgado pela televisão estatal norte-coreana e a que o jornal sul-coreano em língua inglesa The Korea Times teve acesso dá a visão da Coreia do Norte da cimeira entre Kim e o presidente americano Donald Trump. Os dois homens reuniram-se em Singapura no dia 12 de junho, no primeiro encontro entre um presidente americano em exercício e um líder norte-coreano.

O documentário resume os três dias de visita de Kim a Singapura, a cidade-Estado escolhida para receber a cimeira por ser neutra e estar suficientemente perto da Coreia do Norte para permitir aos aviões da era soviética usados por Kim chegar até lá. As imagens dão uma perspetiva que até agora ficara de fora das notícias, mostrando Kim a ler umas notas no avião a caminho de Singapura. E deixando mesmo ver o líder que em 2011 sucedeu ao pai e ao avô à frente da Coreia do Norte no seu quarto do hotel St. Regis, sentado num dos grandes cadeirões e a falar com a delegação norte-coreana.

Outro momento em destaque é a saudação que Trump faz a um general de três estrelas norte-coreano antes da cimeira e que já gerara vários comentários nos media internacionais. O presidente americano reagiu entretanto, garantindo tratar-se apenas de "uma cortesia comum".

Também o passeio de Kim pela noite de Singapura é documentado numa gravação narrada toda ela em coreano. Uma rara oportunidade para ver o que chegou do encontro aos norte-coreanos. Mesmo para quem não percebe uma palavra do que ali é dito.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.