Opositor russo hospitalizado por "reação alérgica grave" na prisão

Alexei Navalny foi detido esta semana por ter apelado à participação na manifestação de sábado em Moscovo.

O dirigente da oposição russa Alexei Navalny, detido esta semana, foi transferido este domingo da prisão para um hospital devido a "uma reação alérgica grave", indicou a sua porta-voz.

Kira Yarmysh explicou numa mensagem na rede social Twitter que Navalny foi hospitalizado com "a cara inchada e vermelhidão na pele".

"A origem da reação alérgica não foi ainda determinada", afirmou Yarmysh, explicando que o opositor não tinha histórico de alergias.

De acordo com a mesma fonte, Navalny está no hospital sob proteção policial e está a receber a assistência médica necessária.

Segundo a agência Interfax, que cita fontes hospitalares, a condição de Navalny "é satisfatória".

O dirigente da oposição foi detido esta semana por ter apelado à participação na manifestação que teve lugar no sábado em Moscovo, devendo cumprir 30 dias de prisão.

No protesto, destinado a exigir eleições livres e justas, foram detidas perto de 1Alexei Navalny foi detiodo estAlexei NavalnyAlele400 pessoas, de acordo com os últimos dados divulgados pela organização não-governamental OVD-Info.

Exclusivos

Premium

Betinho

"NBA? Havia campos que tinham baldes para os jogadores vomitarem"

Nasceu em Cabo Verde (a 2 de maio de 1985), país que deixou aos 16 anos para jogar basquetebol no Barreirense. O talento levou-o até bem perto da NBA, mas foi em Espanha, Andorra e Itália que fez carreira antes de regressar ao Benfica para "festejar no fim". Internacional português desde os Sub-20, disse adeus há seleção há apenas uns meses, para se concentrar na carreira. Tem 34 anos e quer jogar mais três ou quatro ao mais alto nível.