ONU decreta o reforço de sanções à Coreia do Norte

O Conselho de Segurança impôs um bloqueio às exportações de têxteis norte-coreanos e limitou as suas importações de crude

O Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) decretou esta segunda-feira um reforço das sanções contra a Coreia do Norte devido ao sexto ensaio nuclear feito a 3 de setembro pelo regime de Kim Jong-un, que foi considerado o teste mais poderoso.

Na prática, foi importo uma proibição às exportações de têxteis norte-coreanos, ao mesmo tempo que limitou as importações de crude daquele país.

Esta foi a nona resolução de sanções decretadas pela ONU desde 2006 contra os programas nucleares e balísticos da Coreia do Norte, tendo sido aprovada por todos os quinze membros do Conselho de Segurança.

Refira-se que os têxteis representam para a Coreia do Norte a segunda maior exportação, depois do carvão e outros minerais. 80% dessas exportações de têxteis têm como destino a China.

Ler mais

Exclusivos