Onda de calor causa seis mortos e vários incêndios nos Estados Unidos

O sudoeste dos Estados Unidos tem enfrentado temperaturas que ultrapassam os 48 graus nos últimos dias

Seis pessoas morreram e múltiplos incêndios florestais foram registados no sudoeste dos Estados Unidos, nos estados de Novo México, Arizona e Califórnia, devido a uma onda de calor.

Nos últimos quatro dias, seis pessoas morreram devido ao calor no Arizona, a maioria excursionistas que se aventuraram no exterior apesar das temperaturas extremas.

Nesta zona do país, as temperaturas chegaram a ultrapassar os 48 graus, o que terá contribuído para gerar diversos incêndios.

Na Califórnia, os incêndios de Sherpa, em Santa Bárbara, e de Border, em San Diego, destruíram 3.225 e 2.436 hectares, respetivamente. No entanto, o fogo que mais aumentou nas últimas horas é em San Gabriel, próximo de Los Angeles, já tendo queimando 2.185 hectares e obrigado à evacuação de 770 casas.

Os bombeiros combatem também as chamas no Novo México, onde já foram queimados, no total, 21.400 hectares, e no Arizona, onde 26.300 foram arrasados.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.