Nova Iorque vai ter o primeiro parque urbano subterrâneo do mundo

Parque, denominado Lowline, foi idealizado pelo arquiteto e ex-engenheiro da NASA James Ramsey. Será inaugurado em 2020 e vai ocupar antiga estação abandonada

Uma antiga estação de elétricos subterrânea abandonada, no sul de Manhattan, vai dar lugar ao primeiro parque urbano debaixo de terra, a inaugurar em 2020, um projeto inspirado no famoso Parque Highline, em Nova Iorque.

O parque, denominado Lowline, foi idealizado em 2011 pelo arquiteto e ex-engenheiro da NASA James Ramsey, que, após o sucesso do Highline, viu na estação de elétricos, em Lower Manhattan, o lugar perfeito para construir um bosque vanguardista.

"O Lowline será o primeiro parque subterrâneo do mundo", disse à agência noticiosa espanhola Efe a diretora-adjunta do projeto, Robyn Shapiro, adiantando que a iniciativa já foi aprovada e "poderá abrir as suas portas entre 2020 e 2021".

O futuro parque interior ocupará até três blocos no subsolo, onde agora se encontra o antigo terminal da ponte de Williamsburg, inaugurado em 1903 e encerrado em 1948.

O projeto-piloto custou cerca de 180 mil euros, um valor que os fundadores angariaram através de uma campanha Kickstarter e que pode ser visitado aos fins de semana até março de 2017.

Ler mais

Exclusivos

Premium

DN Life

DN Life. «Não se trata o cancro ou as bactérias só com a mente. Eles estão a borrifar-se para o placebo»

O efeito placebo continua a gerar discussão entre a comunidade científica e médica. Um novo estudo sugere que há traços de personalidade mais suscetíveis de reagir com sucesso ao referido efeito. O reumatologista José António Pereira da Silva discorda da necessidade de definir personalidades favoráveis ao placebo e vai mais longe ao afirmar que "não há qualquer hipótese ética de usar o efeito placebo abertamente".