Mulher de Mugabe na justiça devido a anel de 1,35 milhões de dólares

Grace Mugabe encomendou em 2015 um anel de diamantes de 100 quilates

A mulher do Presidente do Zimbabué, Grace Mugabe, apresentou uma queixa em tribunal contra um empresário libanês que não lhe entregou um anel de diamantes no valor de 1,35 milhões de dólares.

De acordo com a imprensa local, Grace Mugabe, de 52 anos, encomendou em 2015 um anel de diamantes de 100 quilates a um empresário libanês residente no Zimbabué para assinalar o aniversário do seu casamento com Robert Mugabe, de 93 anos.

Segundo o jornal Daily Herald, do Zimbabué, Grace Mugabe pagou o valor do anel através da sua conta no banco CBZ.

"O empresário, Jamal Joseph Ahmed, não conseguiu entregar o anel, e com isso desencadeou uma batalha legal", escreve o Daily Herald.

O réu quebrou o contrato e "deu-lhe um anel no valor de 30 mil dólares, que o requerente naturalmente se recusou a receber", diz a ação, citada pelo jornal.

De acordo com o jornal, o empresário libanês fez um pagamento de 120 mil dólares para compensar a primeira-dama do Zimbabué, oferendo-se depois para aumentar a indemnização para 150 mil dólares.

Grace Mugabe exige na justiça que o réu lhe restitua os 1,23 milhões dólares em falta mais os juros calculados desde 01 de abril de 2015.

O artigo do Daily Herald nota ainda que o empresário libanês, atualmente a monte, diz já ter recebido ameaças por parte de agentes dos serviços de espionagem do Zimbabué e também de um filho do primeiro casamento de Grace Mugabe, Russell Goreraza.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.