Alunos retirados de residência universitária após ameaça de bomba

Os estudantes ficaram concentrados no estádio da universidade de Los Angeles

Três residências universitárias da UCLA, Universidade da Califórnia em Los Angeles, foram evacuadas na quarta-feira à noite na sequência de uma ameaça de bomba. Centenas de estudantes foram encaminhados para o estádio Drake, onde permaneceram concentrados durante a inspeção das autoridades.

O plano de emergência da universidade foi ativado pelas 22:00 locais e pouco mais de duas horas depois foi permitido o regresso dos alunos às suas residências.

Um porta-voz da UCLA explicou que a evacuação aconteceu por precaução, depois de uma ameaça de bomba feita por telefone.

As autoridades explicaram ao canal KTLA que foi encontrado um pacote suspeito no UCLA Sunset Canyon Recreation Center, situado a menos de um quilómetro do North Athletic Field, o campo onde o Real Madrid realiza a pré-temporada. No entanto, os jogadores não se encontravam no local durante o incidente.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.