México emite alerta em sete estados por roubo de fonte radioativa

Densímetro nuclear pode ser um perigo para a saúde pública se for retirada do seu recipiente

O governo do México emitiu esta sexta-feira um alerta para sete estados devido ao roubo no centro do país de uma fonte radioativa que pode ser perigosa para a saúde humana se for removida do recipiente.

Em comunicado, a Coordenação Nacional de Proteção Civil disse que um densímetro nuclear desapareceu na quinta-feira de um veículo, no município de León, no estado de Guanajuato.

O alerta envolve as unidades de Proteção Civil dos Estados de Guanajuato, Querétaro, Jalisco, Michoacán, San Luis Potosí, Aguascalientes e Zacatecas.

A Proteção Civil avisou a população que, no caso de encontrar a referida fonte, não deve manipular o equipamento nem aproximar-se, estabelecendo um perímetro de segurança de pelo menos cinco metros.

O México já registou 11 outros incidentes de roubo de material radioativo desde finais de 2013, o mais recente dos quais em outubro passado, na cidade de Tepic.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

Globalização e ética global

1. Muitas das graves convulsões sociais em curso têm na sua base a globalização, que arrasta consigo inevitavelmente questões gigantescas e desperta paixões que nem sempre permitem um debate sereno e racional. Hans Küng, o famoso teólogo dito heterodoxo, mas que Francisco recuperou, deu um contributo para esse debate, que assenta em quatro teses. Segundo ele, a globalização é inevitável, ambivalente (com ganhadores e perdedores), e não calculável (pode levar ao milagre económico ou ao descalabro), mas também - e isto é o mais importante - dirigível. Isto significa que a globalização económica exige uma globalização no domínio ético. Impõe-se um consenso ético mínimo quanto a valores, atitudes e critérios, um ethos mundial para uma sociedade e uma economia mundiais. É o próprio mercado global que exige um ethos global, também para salvaguardar as diferentes tradições culturais da lógica global e avassaladora de uma espécie de "metafísica do mercado" e de uma sociedade de mercado total.