Merkel justifica resultado com o facto de o partido estar há 12 anos no poder

"A CDU gostaria de ter tido um melhor resultado", assumiu a chanceler alemã que venceu as eleições com um resultado pior do que as sondagens faziam prever

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou este domingo que gostaria que a CDU tivesse conseguido um resultado melhor, mas justificou-o com o facto de o partido estar há 12 anos no poder. E mostrou preocupação com a chegada da extrema direita da AfD ao Parlamento.

"A CDU gostaria de ter tido um melhor resultado, mas não devemos esquecer - olhando para trás para um desafio extraordinário - que conseguimos os nossos objetivos estratégicos: somos o partido mais forte. Temos um mandato para formar o novo governo e iremos formar o novo governo", disse Merkel no discurso de vitória.

"Temos 12 anos de responsabilidade governativa e não era uma conclusão inevitável de que seríamos novamente o maior partido. Mas esta é também uma eleição que vê a chegada da AfD ao Parlamento. Iremos levar a cabo uma análise exaustiva, queremos reconquistar esses eleitores que votaram na AfD, para descobrir as suas preocupações", prosseguiu,

Na sua intervenção, Merkel assumiu que é agora necessário "juntar todos os países da UE para lutar contra as causas da imigração e para lutar contra a imigração ilegal".

"É claro que o tema da segurança preocupa mais as pessoas que o tema da prosperidade. No entanto, temos um mandato para assumir responsabilidades e vamos assumi-las agora, calmamente com os nossos parceiros", disse.

Ler mais

Exclusivos