Mais de 30.000 precisam de abrigo devido à tempestade Harvey

A tempestade Harvey atingiu o Texas na madrugada de sábado, provocando chuvas intensas e inundações em várias localidades

Cerca de 30.000 pessoas do Texas (sul) vão precisar de abrigo devido à destruição causada pela passagem da tempestade Harvey, disse esta segunda-feira o diretor da agência federal de gestão de emergências norte-americana, FEMA.

A Fema (Federal Emergency Management Agency) está a mobilizar todos os meios possíveis para "proteger vidas", afirmou o diretor da agência, Brock Long, em conferência de imprensa.

"Estamos a tentar reforçar as operações de busca e salvamento numa zona muito vasta, são possivelmente 30 a 50 condados afetados", precisou.

O Harvey tocou terra na madrugada de sábado, na costa do Texas, como furacão de categoria 4, numa escala de cinco, perdeu força nas primeiras horas e tornou-se uma tempestade tropical.

Ainda assim, o Harvey provocou chuvas muito intensas, que provocaram inundações em várias localidades do Texas, nomeadamente em Houston, quarta maior cidade dos Estados Unidos, com cerca de dois milhões de habitantes.

A chuva intensa transformou as ruas em rios navegáveis apenas por barco e levou a comparações com o cenário vivido no país em agosto de 2005 com o furacão Katrina.

Os residentes das reservas de Addicks e de Barker, desenhadas para ajudar a prevenir as inundações na baixa da capital do Texas, foram informados no domingo que uma libertação controlada de água na madrugada de hoje (hora local) na zona poderia atingir casas.

Pelas 01:40 locais (07:40 de Lisboa) foi anunciada a libertação de água, antes do horário previsto, por os níveis de água terem aumentado dramaticamente nas últimas horas, segundo o porta-voz do Corpo de Engenheiros do Exército, Jay Townsend.

As autoridades dos condados de Harris e Fort Bend informaram, por seu lado, que residentes de várias áreas devem estar preparados, colocar as bagagens nos carros e esperar pela manhã para fazer a viagem.

O abandono obrigatório foi já decretado para os distritos de Brazos River, face à perspetiva que a água suba até quase aos 18 metros, cerca de um metro mais que o recorde registado em 2016 aquando do Herbert.

Pelas declarações de calamidade divulgadas, a tempestade até agora afetou cerca de um quarto da população do Texas, ou seja 6,8 milhões de pessoas em 18 condados e provocado pelo menos duas mortes.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.