Mais de 25 morteiros lançados a partir de Gaza

Não há vítimas a registar na sequência do ataque

Mais de 25 morteiros foram lançados esta terça-feira da Faixa de Gaza contra comunidades do sul de Israel, informou o exército israelita. A mesma fonte indicou que a maioria dos morteiros foi intercetada pelo sistema de defesa 'Iron Dome'. Não há registo de vítimas.

A quantidade de morteiros lançados parece ser a maior registada num único incidente desde o conflito de 2014 entre Israel e o movimento de resistência islâmica Hamas.

Os media israelitas noticiaram que uma das cápsulas de um morteiro caiu junto a um jardim-de-infância, meia hora antes de abrir.

Fontes palestinianas informaram que minutos depois do bombardeamento e do som de sirenes de alerta em território israelita, ouviram-se várias explosões no enclave costeiro, ainda que o exército israelita não tenha confirmado qualquer represália.

A fronteira entre Gaza e Israel tem vivido momentos de tensão nas recentes semanas, com os palestinianos a promoverem protestos contra o bloqueio imposto por Israel e o Egito, após a chegada ao poder do Hamas em janeiro de 2006, em Gaza.

Pelo menos 110 palestinianos morreram desde 30 de março em resultado de ações israelitas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.