Cerca de 40% da população de Macau sem água ou com acesso limitado

Maior tempestade tropical dos últimos 50 anos a atingir Macau causou oito mortos e 153 feridos.

Cerca de 40% da população de Macau está sem água ou com acesso limitado um dia após a passagem do tufão Hato, o mais forte dos últimos 50 anos a atingir o território, disseram esta quinta-feira as autoridades.

O corte no fornecimento deve-se à inundação da Estação de Tratamento de Água da Ilha Verde, que abastece mais de metade da península e que só deve ser reparada pelas 00:00 locais (17:00 em Lisboa).

O número de vítimas mortais em Macau causadas pela passagem do tufão Hato, que registou rajadas de vento superiores a 200 quilómetros por hora, foi atualizado para oito, segundo os Serviços de Polícia Unitários. Registaram-se ainda pelo menos 153 feridos, na sua maioria ligeiros.

Ao nível da energia, a Companhia de Eletricidade de Macau (CEM) anunciou ter reposto o seu fornecimento pelas 06:00 (23:00 de em Lisboa) a todos os clientes afetados pelo apagão de quarta-feira, incluindo os principais serviços públicos.

O apagão' generalizado deveu-se a "uma falha no cabo de fornecimento de energia que faz a ligação Zhuhai-Macau" e que causou "uma interrupção no fornecimento de energia por toda a Macau".

Quanto ao trânsito, algumas zonas do território continuam congestionadas devido às operações de socorro e limpeza iniciadas após a passagem da tempestade tropical,

Árvores arrancadas e partidas, janelas e vidros destruídos, anúncios partidos e suspensos, e ruas enlameadas são visíveis em todo o território sujeito na quarta-feira à força do tufão Hato.

O Centro de Operações de Proteção Civil (COPC) indicou que os bombeiros e os Serviços de Alfândega "continuam os trabalhos de drenagem e buscas nos estacionamentos" de quatro edifícios na península de Macau.

Por outro lado, o COPC continua acompanhar os técnicos das companhias da água, eletricidade e telecomunicações que procedem a trabalhos de recuperação dos respetivos serviços., de acordo com um comunicado oficial.

Ler mais

Exclusivos