Macaco deixa todo o Quénia sem eletricidade

O animal caiu na maior central hidroelétrica do país e cortou o fornecimento geral de energia

Um macaco provocou um apagão geral no Quénia, esta terça-feira. O animal caiu por cima de uma das peças essenciais da central hidroelétrica de Gitaru, um transformador, o que fez com que a distribuição de eletricidade no país fosse totalmente interrompida, segundo a empresa KenGen.

A central localiza-se no rio Tana, a 160 quilómetro da capital Nairobi. Ao cair, o macaco deitou o transformador ao chão. A energia só foi reposta quatro horas depois, segundo o comunicado da empresa de distribuição de energia KenGen.

Segundo o jornal queniano Business Daily Africa, o Quénia depende não só a energia hidroelétrica, recorrendo também à geotérmica, eólica e térmica. No entanto, de acordo com a empresa de energia Kenya Power, quando a central de Gitaru falhou, sobrecarregou as outras fontes de energia, provocando uma grande falha geral.

O macaco conseguiu sobreviver e foi resgatado pelos serviços de proteção de animais do Quénia.

A empresa KenGen garantiu no comunicado que "as instalações estão protegidas por cercas elétricas para afastar os animais selvagens" e divulgou uma fotografia do culpado pelo incidente. O macaco terá escalado e entrado pelo teto.

A central hidroelétrica de Gitaru é a maior do país e gera um quinto da energia consumida no Quénia.