"Liga para o 112". Estafeta salva mulher em cativeiro

A mulher, que era vítima de violência doméstica, tinha uma arma apontada à cabeça quando pediu ajuda

Um estafeta ajudou a salvar uma mulher que tinha sido feita refém dentro da própria casa no Missouri, Estados Unidos da América. A vítima tinha escrito na encomenda, que entregou ao funcionário de uma conhecida empresa de transportes, a frase "Liga para o 911" (o equivalente ao número de emergências 112, em Portugal) e foi exatamente isso que ele fez.

A mulher tinha sido agredida e abusada sexualmente pelo marido, que não a deixava sair de casa, ter um telefone ou qualquer contacto com o mundo exterior. Segundo o relatório das autoridades, James Tyler Jordan, o agressor de 33 anos, arrastou a vítima pelo cabelo para dentro de casa quando ela tentou fugir e ameaçou matá-la e depois cometer suicídio.

Jordan tinha uma arma apontada à cabeça da mulher, mesmo enquanto ela conseguiu iludi-lo pedindo ajuda ao estafeta, relatou a polícia, citada pela pela CNN.

James Jordan foi detido no mesmo dia em que as autoridades foram alertadas pelo estafeta. A filha do casal, de três anos, foi encontrada trancada no quarto, onde estaria há cerca de 15 horas sem comida.

Sem intervenção do funcionário da empresa, assinalou a polícia, a vítima poderia não ter sido salva, já que nem os vizinhos tinham qualquer suspeita de violência doméstica na residência.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.