Lagarde diz que Brexit sem acordo "é obviamente o pior cenário"

Diretora do FMI, Christine Lagarde, disse, em entrevista à CNBC, que o Brexit gera grande incerteza no Reino Unido e na UE

A diretora do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, afirmou em entrevista à CNBC que uma saída do Reino Unido da União Europeia que não seja enquadrada por um acordo "é obviamente o pior cenário".

Em novembro o FMI já alertara que um Brexit sem acordo, no dia 29 de março, custaria aos britânicos 6% do PIB.

O Parlamento britânico chumbou, no dia 15, o acordo fechado entre o governo de Theresa May e a UE27 sobre o Brexit. Neste momento, a primeira-ministra, do Partido Conservador, está à procura de um plano B que permita um Brexit com acordo.

Se tal não for possível, várias hipóteses alternativas se apresentam, entre as quais a de um Brexit sem acordo. Por isso, os restantes países da UE têm estado a apresentar e a preparar planos de contingência.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

O Banco de Portugal está preso a uma história que tem de reconhecer para mudar

Tem custado ao Banco de Portugal adaptar-se ao quadro institucional decorrente da criação do euro. A melhor prova disso é a fraca capacidade de intervir no ordenamento do sistema bancário nacional. As necessárias decisões acontecem quase sempre tarde, de forma pouco consistente e com escasso escrutínio público. Como se pode alterar esta situação, dentro dos limites impostos pelas regras da zona euro, em que os bancos centrais nacionais respondem sobretudo ao BCE? A resposta é difícil, mas ajuda compreender e reconhecer melhor o problema.