Jornalistas e marinheiros gregos em greve

Iniciou-se esta terça-feira uma paralisação nacional, 24 horas antes da greve geral decretada pelos sindicatos, contra as novas medidas de austeridade decretadas pelo governo do Syriza.

A greve dos marinheiros vai paralisar a navegação de navios de passageiros que fazem as ligações entre as ilhas durante as próximas 48 horas.

Os jornalistas iniciaram uma greve às 06.00 (03.00 em Lisboa) que vai prolongar-se até quinta-feira.

Por outro lado, a greve geral de quarta-feira, de 24 horas, vai afetar vários serviços em todo o país, sobretudo nos setores da Educação, Saúde e Transportes.

Os controladores de tráfico aéreo também aderiram ao protesto e vão paralisar os serviços durante quatro horas, na quarta-feira.

Os trabalhadores gregos protestam contra o novo acordo imposto pelos credores internacionais que impõe subida de impostos e novos cortes mesmo depois de terminado o terceiro resgate financeiro, em 2018.

Ler mais

Exclusivos