Helicóptero perseguiu fugitivo que conduzia a 230 km/hora

O homem seguia uma mulher ao dobro da velocidade permitida pela lei canadiana e trazia várias drogas no veículo

Um homem de 47 anos foi detido depois de, após perseguir uma mulher, ter fugido da polícia a uma velocidade de 230km/hora. Foi seguido por um meio aéreo da polícia ao longo de 154 quilómetros e ficou registada a sua tentativa de se livrar das várias drogas que trazia no veículo.

A perseguição aconteceu no dia 27 de janeiro de 2018, às 2h30 da manhã, depois de uma mulher de Oshawa, uma cidade no estado canadiano de Ontário, ligar para a polícia porque estava a ser seguida por um homem que conhecia.

O suspeito conduzia o automóvel de forma errática atrás dela e tentava abalroar o veículo. O serviço de emergência aconselhou a mulher a conduzir em direção a Central West Division, em Whitby, mas assim que os agentes localizaram o veículo do suspeito, este colocou-se em fuga.

O homem, de 47 anos e natural da cidade de Oshawa, continuou a fugir da polícia que decidiu recuar, por razões de segurança. Foi nesta altura que o suspeito decidiu virar para leste e começou a atingir velocidades cada vez maiores, até chegar aos 230 km/hora: o dobro da velocidade máxima permitida pela lei do Canadá para circular naquela via.

Apesar das patrulhas terrestres não terem seguido o suspeito, o helicóptero da polícia, o Air1, seguiu o veículo ao longo de 154 quilómetros: o homem viajou em direção a Peterborough, mas depois começou a voltar para a região de Durham, de acordo com a polícia da região, que partilhou o vídeo da perseguição captado pelo meio aéreo.

Entretanto, o suspeito foi obrigado a parar depois de agentes da East Division terem colocado estrategicamente na estrada um dispositivo que esvaziou os pneus do carro. Mas mesmo com o veículo parado, o homem continuou a fugir.

O homem tentou livrar-se das provas na floresta, mas o helicóptero Air1 conseguiu direcionar as unidades terrestres para os artigos deitados ao chão e o suspeito acabou por ser encontrado e detido.

O suspeito está acusado de assédio, posse de cocaína; posse de heroína, cocaína e MDMA com o objetivo de tráfico; condução perigosa de um veículo a motor e condução depois da ordem da polícia para parar.

Veja o vídeo:

Relacionadas

Brand Story

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub