Haiti em alerta vermelho devido a tempestade

Todos os voos locais foram cancelados

As autoridades do Haiti colocaram hoje o país em alerta vermelho e anularam todos os voos locais devido à aproximação de uma forte perturbação que se pode transformar rapidamente em tempestade tropical.

Face a ameaças de fortes chuvas, acompanhadas de trovoadas e de rajadas de vento, o Governo do Haiti aconselha cuidado à população.

Segundo a agência France Presse, os voos locais em todo o país, incluindo para a capital, estão interditos até nova ordem.

De acordo com o centro americano de vigilância de furacões, esta perturbação tem fortes possibilidades de se transformar em tempestade tropical durante a noite de hoje.

A República Dominicana, vizinha do Haiti, está igualmente preocupada com a passagem desta tempestade.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

O populismo entre nós

O sucesso eleitoral de movimentos e líderes populistas conservadores um pouco por todo o mundo (EUA, Brasil, Filipinas, Turquia, Itália, França, Alemanha, etc.) suscita apreensão nos países que ainda não foram contagiados pelo vírus. Em Portugal vários grupúsculos e pequenos líderes tentam aproveitar o ar dos tempos, aspirando a tornar-se os Trumps, Bolsonaros ou Salvinis lusitanos. Até prova em contrário, estas imitações de baixa qualidade parecem condenadas ao fracasso. Isso não significa, porém, que o país esteja livre de populismos da mesma espécie. Os riscos, porém, vêm de outras paragens, a mais óbvia das quais já é antiga, mas perdura por boas e más razões - o populismo territorial.