Há 80 anos que a capital da Islândia não via tanta neve

Reiquiavique assiste à maior queda de neve em oito décadas. Apesar do incómodo causado às rotinas dos habitantes, as imagens são arrebatadoras

A capital da Islândia está literalmente coberta de branco. A neve cai como já não caía há 80 anos. Decorria o ano de 1937 quando a neve atingiu os 55 centímetros.

No último domingo, chegou aos 51 centímetros e o momento foi capturado por vários fotógrafos. Um deles foi Gunnar Freyr, que conseguiu captar belas imagens, como pode ver nesta página, apesar do incómodo que causou na rotina dos habitantes (pode ver mais trabalhos deste fotógrafo aqui)

Acabou por ser um domingo diferente em Reiquiavique. As missas foram canceladas, as crianças saíram à rua para fazer bonecos de neve e os esquiadores estavam - usando uma expressão paradoxal - na sua praia.

O vídeo em time lapse abaixo, que anda a correr nas redes sociais, mostra como a neve subiu em poucas horas.

Apesar de a Islândia ficar muito perto do círculo polar ártico, as temperaturas raramente descem abaixo dos 15 graus na capital, já que o clima é fortemente influenciado pela sua posição no meio do Atlântico e pela corrente do Atlântico Norte, de águas mais quentes.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".