Guterres "muito preocupado" com cancelamento da cimeira entre Trump e Kim

O secretário-geral da ONU apela aos dois países para continuarem o diálogo

O secretário-geral da ONU, António Guterres, manifestou-se "muito preocupado" com o cancelamento da cimeira prevista para 12 de junho entre os Presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte.

"Apelo às duas partes para que continuem o seu diálogo e encontrem o caminho que permita a desnuclearização da península coreana", disse Guterres no início de uma conferência pública na Universidade de Genebra em que deverá apresentar a sua agenda para o desarmamento.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, cancelou esta quinta-feira a cimeira com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, prevista para 12 de junho em Singapura, invocando uma "raiva tremenda e hostilidade aberta" da Coreia do Norte.

Numa carta dirigida a Kim Jong-un, Trump informa que o encontro não se vai realizar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.