Furacão Jose já é de categoria 4

Esperam-se ventos de cerca de 240 km/h

O furacão Jose ganhou força nas últimas horas e já é de categoria 4 na escala Saffir-Simpson, o que significa que está cada vez mais perigoso, alertou esta sexta-feira o Centro norte-americano de Furacões (NHC).

Neste momento, o furacão encontra-se a cerca de 700 quilómetros a este/sudeste das Ilhas Leeward, no mar das Caraíbas. Esperam-se ventos de cerca de 240 km/h.

Já foram emitidos alertas de tempestades tropicais para ilhas caribenhas que já foram afetadas por recentes catástrofes naturais como o furacão Irma, de acordo com a AP.

O furacão Jose progride no Atlântico ao mesmo tempo que o Irma e Katia. O furacão Katia é, neste momento, de categoria 2, e parece dirige-se para o México.

O meteorologista norte-americano Philip Klotzbach afirma que é a primeira vez na história que três tempestades consecutivas chegam à categoria 4 (Harvey, Irma e Jose).

"[O furacão] Jose está correntemente a seguir um caminho semelhante ao do Irma, movendo-se para oeste no Atlântico e para o norte e este das Caraíbas, onde o furacão [Irma] estava na quarta-feira", afirmou o meteorolgista britânico Greg Dewhurst ao Telegraph.

Já o Irma, que perdeu alguma força e é agora de categoria 4, "continua a ser uma ameaça que vai devastar os EUA, ou na Florida, ou em outros estados a sudeste", afirmou o diretor da Agência Federal dos EUA para Gestão de Emergências (FEMA), Brock Long, de acordo com a Reuters.

É a primeira vez, desde 2010, que estão três furacões ativos no Atlântico, explica a CNN.

Em atualização

Exclusivos