Fotos no Instagram traem jovem que acaba condenada a oito anos por tráfico de droga

Melina Roberge aceitou ser mula de droga para fazer uma viagem à volta do mundo num cruzeiro e partilhar fotos maravilhosas das suas aventuras intercontinentais no Instagram.

Era uma viagem de sonho, mas o destino acabou por ser dramático para três canadianos que tentaram transportar droga para a Austrália, num cruzeiro, segundo noticia o The Guardian .

Melina Roberge, de 24 anos, uma instagrammer de sucesso, foi condenada a oito anos de prisão efetiva, depois de ter sido apanhada com 35 quilos de cocaína em sua posse, durante a viagem que ligava Inglaterra a Austrália.

"A jovem tinha tanta droga que não tinha muito espaço na bagagem para roupa interior ou escovas de dente extras", disseram as autoridades citadas pelo Washington Post .

Esta foi a maior apreensão de drogas que a Austrália já teve num barco comercial ou avião.

Com ela estava a amiga Isabelle Lagacé, de 29 anos, que foi presa em novembro por sete anos e meio, e Andre Tamine, de 64 anos, que ainda espera a acusação.

Ao todo, a 'Cocaine Baby' e o 'Sugar Daddy' - alcunhas que ganharam Melina e Tamine graças a esta apreensão - tinham consigo 21 milhões de dólares, aproximadamente 17 milhões de euros, em cocaína nas cabines do navio, quando em agosto de 2016 a polícia entrou no barco depois deste atracar em Sidney.

O que alertou as autoridades? As fotos de sonho que Melina foi partilhando no seu Instagram pessoal, entretanto desativado.

A canadiana foi presente a tribunal esta quarta-feira e ouviu a acusação dizer que este é um exemplo perfeito do que as redes sociais fazem à juventude, que hoje vive pela aceitação dos seus pares através de gostos em plataformas como o Instagram, o Facebook ou Twitter.

"Ela foi seduzida pelo estilo de vida, pelos destinos exóticos e pela oportunidade de publicar fotos glamorosas no Instagram", disse a acusação na Corte Distrital de Nova Gales do Sul. "Ela queria ser a inveja dos outros. Agora dúvido que seja agora."

De facto, antes de embarcar nesta aventura - que aconteceu a convite de Tamine, que ela conhecera em 2015 quando trabalhava como acompanhante - ela escreveu no seu Instagram:

"Viajar é uma coisa. Mas viajar com a mente aberta, pronto para provar tudo, ver tudo, aprender tudo e sair da sua zona de conforto... É provavelmente a melhor terapia e lição de sempre. Eu costumava ter medo de sair da minha pequena cidade e agora sinto que não quero mais ver aquela pequena cidade porque é bonita lá fora e vale a pena."

Assim, era impossível dizer que não à possibilidade de viajar a bordo do Sea Princess MS, um cruzeiro que atracou em 17 portos e 11 países antes de chegar a Sydney, ganhando dinheiro como mula e aproveitando para pintar o seu Instagram com fotos maravilhosas sobre aventuras intercontinentais, que iriam reverter-se em mais gostos e, consequentemente, em mais dinheiro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".