FBI fora alertado para o atirador da Florida há vários meses

Utilizador do YouTube denunciou comentário algo perturbador de um utilizador com o mesmo nome do atirador

"Vou ser um atirador em escolas profissional". O comentário deixado numa página do YouTube está assinado por um utilizador chamado Nikolas Cruz, o mesmo nome do jovem atirador que na passada quarta-feira matou pelo menos 17 pessoas numa escola da Florida. O responsável pela página apressou-se a alertar o FBI para a situação, em setembro de 2017.

De acordo com a CNN, esta foi uma de duas alegadas ameaças para as quais o FBI foi alertado, de acordo com fontes das autoridades. Em ambos os casos, o FBI não partilhou qualquer informação com as autoridades locais da Florida, refere a mesma fonte.

O comentário foi partilhado com as autoridades federais por Ben Bennight, vlogger de 36 anos que utiliza o YouTube como principal plataforma. O homem contactou o FBI através do telefone e, na manhã seguinte, agentes dirigiram-se ao seu escritório para falarem com ele pessoalmente.

Esse foi o último contacto que teve com o FBi até à passada quarta-feira.

Robert Lasky, agente especial do FBI encarregue da divisão de Miami, Florida, confirmou esta manhã o recebimento de um alerta no ano passado sobre um comentário do YouTube, mas não havia qualquer indicação no comentário que indicasse "tempo, localização ou uma verdadeira identidade". "O FBI conduziu buscas em bases de dados, mas não foi possível identificar a pessoa que fez o comentário", afirmou ainda.

Não é claro, explica a CNN, que o FBI tenha identificado o suspeito do outro alegado alerta.

Relacionadas

Brand Story

Tui

Últimas notícias

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub