Farage fica fechado no autocarro cercado por manifestantes com batidos

Líder do Partido do Brexit recusou-se a sair do autocarro devido à ameaça de três jovens munidos com batidos. Na segunda-feira Farage fora banhado com um batido de banana e caramelo.

Três jovens vestidos de negro, com passa-montanhas na cabeça e batidos na mão foram ameaça suficiente para o populista Nigel Farage permanecer fechado no autocarro de campanha do seu partido em Rochester.

O homem cujo partido lidera as sondagens para as eleições de amanhã acabou por sair do autocarro, mas ao contrário do que é habitual, não se afastou do veículo, trocou umas palavras com apoiantes e foi-se embora.

Farage dedicara o dia de campanha ao condado de Kent. Depois de ter visitado Dartford e Gravesend e ter sido recebido de forma calorosa, segundo conta o siteKent Live, o eurodeputado dizia-se "menos preocupado com a saga dos batidos".

Na segunda-feira, em Newcastle, um homem acertou-lhe com um batido de banana e caramelo quando havia terminado um discurso e caminhava pelas ruas. De imediato, Farage pediu contas à segurança privada: "Isto é um fracasso" e "como é que isto aconteceu?" foram frases proferidas enquanto saía do local.

O candidato do UKIP às eleições, Carl Benjamin, bem como o conselheiro político do partido, o controverso Tommy Robinson, têm sido alvos desta campanha contra os líderes nacionalistas e antieuropeus.

Ler mais

Exclusivos