Famosos gravam vídeo a apelar à luta pela democracia no Brasil

Gregório Duvivier, Chico César, Letícia Sabatella, "contra o golpe", defendendo que a luta contra a corrupção não deve sobrepor-se à democracia

Um grupo de rostos conhecidos da cultura brasileira protagoniza um vídeo divulgado esta quarta-feira, que constitui um apelo à luta pela democracia, "contra o golpe".

Os participantes no vídeo, que incluem o humorista Gregório Duvivier ou a cartoonista Laerte, afirmam ser "contra a corrupção". Mas "todo o mundo é contra a corrupção, inclusive quem é corrupto". Para os atores, músicos e artistas que participam no vídeo, o que importa é ser "a favor da democracia", para que haja liberdade de denunciar e investigar a corrupção, que, afirmam, nunca foi tão investigada como hoje.

Os artistas pedem mesmo que não se repita o golpe militar de 1964, que derrubou o governo democrático do Brasil em nome do combate à corrupção. "Queremos combate à corrupção, mas com democracia", ouve-se no vídeo.

Uma nota no final das imagens esclarece que o vídeo não foi financiado por qualquer partido, tendo as caras conhecidas que nele entram participado voluntariamente.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).