Família atacada por percevejos durante voo da British Airways

Companhia pediu desculpa à família e ofereceu o bilhete de volta em classe executiva

Uma família canadiana ficou coberta de picadas de percevejos durante um voo da British Airways, entre Vancouver e Londres.

Heather Szilagyi, a filha Moly, de sete anos, e o namorado Eric Neilson, tinham como destino final a Eslováquia, mas durante a viagem até Londres aperceberam-se dos percevejos que passeavam pelos bancos do avião.

Segundo o The Guardian, o assistente de bordo foi avisado pela família, mas respondeu apenas que o avião estava cheio e por isso não havia nada que pudessem fazer. "Passámos nove horas a pensar que poderíamos ser picados", disse Heather Szilagyi à imprensa canadiana.

"Eu e a minha filha somos muitos sensíveis a picadas de insetos, e ela estava coberta delas. Eu ainda tenho uma muito infetada", contou. "Não pedimos um reembolso. Tudo o que queríamos era um avião diferente para nos certificarmos de que não havia percevejos a bordo".

A British Airways pediu entretanto desculpa à família canadiana e ofereceu-lhes a viagem de volta em classe executiva.

"Entrámos em contacto com os nossos clientes para lhes pedir desculpa e investigar o acontecimento. A British Airways opera mais de 280 mil voos por ano e os relatórios de percevejos a bordo são extremamente raros. No entanto, estamos vigilantes e a monitorizar os nossos aviões continuamente", disse a porta-voz da empresa de aviação.

Ler mais

Exclusivos