"Potencialmente catastrófico". Furacão Maria na força máxima 

São esperados ventos com uma velocidade máxima de 215 quilómetros/hora

O furacão Maria ganhou força e atingiu na segunda-feira a categoria máxima de cinco, com ventos até 260 quilómetros por hora que ameaçam de forma iminente as Caraíbas, em estado de alerta, anunciou hoje o Centro Nacional de Furações.

"Maria tornou-se um furacão de categoria cinco potencialmente catastrófico" e os seus ventos "aproximam-se de Dominica", informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) no seu boletim de previsões emitido hoje pela 01:00, hora de Lisboa.

Antes já tinham sido emitidos avisos de furacão em Porto Rico, Guadalupe, Dominica, St. Kitts, Nevis, Montserrat e Martinica.

As autoridades da região francesa de Guadalupe ordenaram a evacuação das zonas de risco.

"O autarca emitiu um decreto que proíbe qualquer pessoa de entrar e ficar em áreas identificadas de risco para cada município do arquipélago. Esses riscos dizem respeito a inundações, submersões e deslizamentos de terra", refere em comunicado.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".