Extraterrestres, vertigens, digressões. As desculpas para não entregar declaração de IRS

Governo britânico divulgou algumas das desculpas mais estranhas com que já se deparou

No Reino Unido, o prazo para a entrega da declaração de IRS está a terminar e o Governo decidiu alertar aos contribuintes para a importância de preencher a papelada a tempo dando alguns exemplos de justificações estranhas que já chegaram ao fisco. A lista inclui extraterrestres, vertigens e digressões e até foi ilustrada com um vídeo que brinca com a situação.

A equivalente à nossa Autoridade Tributária e Aduaneira - HM Revenue and Customs - refere-se às desculpas como "imaginativas e intrigantes". E depois enumera alguns exemplos. "Não consegui entregar a tempo porque a minha mulher tem andado a ver extraterrestres e não me deixa entrar em casa", é a justificação que encabeça a listagem.

"A minha mulher deixou a minha declaração no piso de cima, mas eu sofro de vertigens e não posso subir para a ir buscar", foi outra das desculpas que chegaram aos serviços por incumprimento do prazo.

"Estive muito ocupado em digressão pelo país com a minha peça-monólogo", "O meu negócio na verdade não faz nada" e "Entornei café em cima da declaração" são outros exemplos apontados.

A responsável pelos serviços de apoio ao cliente realça que a entrega da declaração tem vindo a ser simplificada, mas que, mesmo assim, deparam-se constantemente com estas desculpas estranhas.

No mesmo registo de situações bizarras, o fisco britânico divulga algumas das despesas estranhas que foram declaradas: conjunto de sofás para o parceiro se sentar enquanto faço as contas; bebidas de aniversário num bar; despesas de veterinário com um coelho., serviço de quartos num hotel (que incluía velas e prosecco.

O prazo para entrega da declaração no Reino Unido termina a 31 deste mês.

Ler mais

Exclusivos