Trump e Kim: agora vêm aí as visitas

"Kim Jong-un convidou Trump a efetuar uma visita a Pyongyang em altura oportuna e Trump convidou Kim Jong-un a ir aos EUA", avançou a KCNA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, convidou o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, a visitar Pyongyang, por ocasião da cimeira em Singapura, e aceitou o convite recíproco para visitar Washington, anunciou a agência noticiosa norte-coreana.

"Kim Jong-un convidou Trump a efetuar uma visita a Pyongyang em altura oportuna e Trump convidou Kim Jong-un a ir aos EUA", avançou a KCNA.

"Os dois dirigentes aceitaram com prazer os seus convites recíprocos, convencidos de que isso constituirá uma outra importante ocasião para uma melhoria das relações" entre os dois países, ainda segundo a agência norte-coreana.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.