Estação de metro de Londres evacuada após explosão de carregador de telemóvel

Centenas de pessoas foram obrigadas a deixar a estação de Tower Hill

Uma estação do metro de Londres, Inglaterra, teve de ser evacuada após a explosão de um carregador de telemóvel que sobreaqueceu. O incidente ocorreu por volta das 12:30 desta terça-feira dentro de uma das carruagens do metro.

Quando os serviços de emergência chegaram à estação de Tower Hill, as chamas já tinham sido apagadas.

O incidente foi descrito pelas autoridades como uma "pequena explosão". Ainda assim, centenas de pessoas foram obrigadas a deixar a estação de Tower Hill, segundo o Independent.

As autoridades britânicas logo explicaram que não há causas para alarme e que o incêndio foi causado pelo sobreaquecimento de um carregador de telemóvel.

Imagens do incidente estão a ser partilhadas nas redes sociais.

Esta explosão ocorre semanas depois de o Estado Islâmico ter realizado um atentado terrorista no metro de Londres com uma bomba, que acabou por não detonar completamente. Cerca de 30 pessoas ficaram feridas.

O nível de alerta terrorista no Reino Unido é severo neste momento, o que quer dizer que há grandes probabilidades de o país ser alvo de um atentado terrorista.

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.