Encontrados vários corpos num apartamento em Copenhaga

Apartamento estava "cheio de sangue", segundo a polícia dinamarquesa. Vítimas serão da mesma família

Foram encontrados na manhã desta terça-feira vários corpos num apartamento em Copenhaga, capital da Dinamarca. O cenário foi descrito como "horrível" pelas autoridades, que contam que o apartamento no distrito de Brønshøj estava "cheio de sangue".

O inspetor da polícia e responsável pela investigação, Ove Larsen, revelou que as autoridades foram chamadas à 7:35 da manhã (menos uma hora em Lisboa) para responderem a um incidente, segundo a imprensa local, citada pelo Mirror.

"Enviámos uma patrulha de rotina e encontrámos pessoas mortas no apartamento", explicou Larsen. O inspetor avançou ainda que as vítimas são provavelmente da mesma família.

Uma pessoa que vive no apartamento foi detida pelas autoridades, que para já não revelam mais informações.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.