Encontrados cinco mortos numa casa na Austrália

A policia australiana fez uma descoberta macabra ao encontrar cinco corpos numa casa em Bedford. Um homem está detido

Cinco pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram encontradas mortas este domingo numa casa em Bedford, um subúrbio de Perth, na Austrália, segundo a Reuters. Um homem está sob custódia policial depois de ter fornecido a informação que levou as autoridades a fazer a descoberta macabra. ​​​

"Posso dizer que havia pelo menos uma mulher, mas não posso dizer mais do que isso. A cena ainda não foi examinada pela equipa forense, então o número exato de adultos e crianças é, na verdade, desconhecido para mim", afirmou, em conferência de imprensa, Paul Steel, comissário assistente da polícia australiana, que aponta para cinco corpos encontrados. Disse ainda não haver perigo para a população.

Afirmou que a investigação está numa fase inicial, mas descreveu a situação como "trágica". "É trágico não só para a família e os amigos, mas também para as equipas de socorro que são obrigadas a depararem-se com estas situações", referiu Paul Steel.

As autoridades trabalham agora para perceber o que aconteceu naquela casa. São muitas as perguntas para responder. Ainda não foi dado a conhecer as idades das vítimas, a relação entre elas, se foram encontradas armas ou há quanto tempo os corpos estavam naquele local. A investigação "meticulosa" à cena do crime pode durar dias, afirmou o responsável da polícia aos jornalistas.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.