Designer de malas de luxo é a nova embaixadora dos EUA na África do Sul

Donald Trump nomeou Lana Marks, sem qualquer experiência em diplomacia.

Lana Marks será a próxima embaixadora dos EUA na África do Sul. Apesar de ter nascido e vivido no país africano, reside há várias décadas na Florida, é vizinha de Donald Trump e um dos membros do resort exclusivo Mar-a-Lago do presidente norte-americano. A estilista não tem experiência em diplomacia mas, segundo o comunicado da Casa Branca, citado pela The Palm Beacher Magazine , Lana Marks frequentou a Universidade de Witwatersrand e o Instituto de Administração de Pessoal em Joanesburgo.

Não é pela formação académica que ficou conhecida, mas por ser exímia na autopromoção. A marca que criou e que usa peles de animais como a avestruz e o jacar, tem no mercado malas cujos preços começam nos 19 mil dólares - cerca de 17 mil euros. A designer gosta de mostrar no seu site que só celebridades - como Jennifer Aniston - e membros da realeza usam as suas criações.

O Palm Beach Daily aponta as semelhanças com o Presidente norte-americano: "como Trump, é uma autopromotora implacável". A Casa Branca diz que Lana Marks fala Afrikaans e Xhosa, dois dos idiomas da África do Sul, e a estilista tem dito que estudou na Royal Academy of Ballet, apesar de depois ter sido obrigada a admitir que na verdade estou numa filial da conhecida escola de dança.

Sobre a sua marca de luxo, gosta de dizer que aconteceu por acaso: foi "obrigada" a criar uma mala exclusiva porque não encontrava nenhuma adequada à indumentária que iria levar para uma festa de aniversário da rainha de Inglaterra.

Exclusivos