Deputado conservador britânico é contra aborto em qualquer circunstância

Político é o favorito para suceder Theresa May como líder do Partido Conservador. Também se opõe ao casamento homossexual

O deputado conservador Jacob Rees-Mogg, tido como um possível sucessor de Theresa May na liderança dos Tories, é contra o casamento homossexual e o aborto, em qualquer circunstância, incluindo em casos de violação.

Jacob Rees-Mogg descreve-se como um católico praticante que leva "os ensinamentos da igreja católica a sério". "O casamento é um sacramento e a decisão do que é o casamento é tomada pela igreja e não pelo parlamento", disse o deputado esta quarta-feira numa entrevista no programa Good Morning Britain.

O conservador disse também ser "completamente contra o aborto", já que acredita que a vida começa no momento da conceção, segundo o The Guardian. "No casamento entre pessoas do mesmo sexo, a questão é o que as pessoas estão fazer a si mesmas. No aborto, a questão é o que as pessoas estão a fazer à criança por nascer", explicou.

Questionado sobre se a sua opinião sobre o aborto era diferente em casos de violação, Jacob Rees-Mogg, que tem seis filhos, disse que não. O aborto é legal no Reino Unido desde 1967, segundo o Business Insider, e é possível fazer um aborto gratuitamente pelo sistema nacional de saúde britânico.

Rees-Mogg foi apontado recentemente como o favorito para substituir a primeira-ministra Theresa May na liderança do Partido Conservador, numa sondagem entre membros do partido. Sobre este assunto, o deputado disse apenas que se tratava de especulação.

"Foi divertido em agosto quando não havia muitas notícias", comentou, acrescentando que não se candidataria se houvesse uma eleição interna no partido.

"Apoio a sra. May e quero que ela continue a ser líder do Partido Conservador", continuou o deputado, que se define também como um eurocético. Contudo, Rees-Mogg escusou-se a garantir que não iria tentar liderar o partido no futuro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...