Deputada irlandesa Mary McDonald será a nova líder do Sinn Féin

Gerry Adams, de 69 anos, anunciou em novembro a sua intenção de passar o testemunho a uma nova geração de dirigentes

A deputada Mary Lou McDonald, única candidata à liderança do Sinn Féin, irá suceder ao dirigente Gerry Adams, que a apresentou hoje como a "presidente eleita" do partido nacionalista irlandês.

A apresentação da candidatura de Mary Lou McDonald pelo líder histórico do Sinn Féin ocorreu num encontro do partido em Belfast, de acordo com a cadeia de televisão irlandesa RTE.

Mary Lou McDonald, de 48 anos, será confirmada como nova líder do Sinn Féin num congresso extraordinário do partido, a 10 de fevereiro, em Dublin, tornando-se a primeira mulher a assumir o cargo.

Gerry Adams, de 69 anos, anunciou em novembro a sua intenção de passar o testemunho a uma nova geração de dirigentes, depois de presidir ao Sinn Féin durante 34 anos.

O Sinn Féin, antigo braço político do inativo Exército Republicano Irlandês (IRA), é a terceira força política da República da Irlanda e a segunda da Irlanda do Norte, onde é a principal representante da comunidade católica nacionalista.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Geopolítica

5 anos. A Crimeia é russa mesmo que Ocidente não goste

Em março de 2014, no auge da rebelião na Ucrânia que derrubou o regime pró-russo de Viktor Ianukovitch, forças russas ocupavam a Crimeia e Moscovo decretava a 18 a anexação da península e a sua plena integração na Federação Russa. Era o início de uma crise que, cinco anos depois, continua a envenenar as relações entre a Rússia e o Ocidente.