Democratas norte-americanos elegem Tom Pérez como seu novo líder

Pérez foi secretário de estado do Trabalho e foi advogado em causas de direitos civis

O Partido Democrata norte-americano elegeu hoje como líder Tom Pérez, ligado à ala mais tradicional, que se comprometeu a reforçar as estruturas locais para vencer os republicanos na próxima eleição presidencial.

De ascendência hispânica, Pérez foi secretário de estado do Trabalho e foi advogado em causas de direitos civis, e conseguiu 235 de 445 votos em disputa dos membros do Comité Nacional do partido.

Tom Pérez, de 55 anos, era apoiado pelo ex-vice-presidente Joe Biden, e ganhou o partido numa altura de crise, ainda a ressacar da derrota de Hillary Clinton frente a Donald Trump nas presidenciais de novembro passado.

O primeiro ato de Tom Pérez foi convidar o seu principal adversário, Keith Ellison, para ser seu vice-presidente, para dar um sinal de união dentro do partido.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?