Cratera do vulcão do Hawai entra em erupção

A lava destruiu pelo menos 26 casas e 10 outras estruturas

A cratera do vulcão Kilauea, no estado norte-americano do Havai, entrou hoje em erupção, projetando nuvens de cinza a mais de 9.000 metros de altura.

Mike Poland, um geofísico da U.S. Geological Survey, confirmou a explosão, que ocorre depois de mais de doze fissuras terem aberto a alguns quilómetros a leste da cratera e terem inundado de lava os bairros mais próximos.

Essas áreas foram evacuadas, e a lava destruiu pelo menos 26 casas e 10 outras estruturas.

A cratera situa-se no interior do Parque Nacional dos Vulcões do Hawai, que está encerrado desde 11 de maio.

As autoridades indicaram que não esperam que a explosão cause vítimas, desde que as pessoas se mantenham fora do parque.

O Kilauea é um dos mais ativos vulcões do mundo.

Uma erupção em 1924 matou uma pessoa e projetou pedaços de rocha, cinza e poeira no ar durante 17 dias.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.