Conheça os principais ministros do novo governo italiano

O executivo liderado pelo jurista Giuseppe Conte toma posse esta sexta-feira.

Giuseppe Conte, o primeiro-minstro

O professor universitário, especialista em direito civil e administrativo, volta a ser o nome apresentado para chefiar o governo. Giuseppe Conte, de 54 anos, não tem experiência política e o seu curriculo causou polémica - após universidades que alegadamente dizia ter frequentado, negarem tal facto.

Matteo Salvini, vice e ministro do Interior

O líder da Liga Norte (extrema-direita), Matteo Salvini, de 45 anos, será vice-presidente do Conselho de MInistros e assumirá também a pasta do Interior. A Liga, partido no qual milita desde 1990, tem um discurso anti-imigração e o acordo com o M5E prevê expulsão de 500 mil ilegais.

Luigi di Maio, vice e ministro da Indústria

O líder do Movimento 5 Estrelas, Luigi di Maio, de 31 anos, será também vice-presidente do Conselho de Ministros e assumirá a pasta do superministério da Indústria e Trabalho. Será ele o responsável por implementar o rendimento básico para os mais pobres, que é uma das propostas do governo.

Paolo Savona nos Assuntos Europeus

Foi o veto à nomeação do eurocético Paolo Savona para a pasta da Economia e Finanças que fez cair a primeira tentativa de Conte formar governo. O economista de 81 anos não sai do executivo, mas fica nos Assuntos Europeus.

Giovanni Tria na Economia e Finanças

O ministério da Economia e Finanças ficaria nas mãos do professor de economia Giovanni Tria, de 70 anos, que dá aulas na universidade Tor Vergata, em Roma. Também não é um grande defensor do euro, como Savona, mas é contra sair da moeda única.

Exclusivos