Cinco pessoas morrem na queda de avião em Madagáscar

O acidente aéreo ocorreu esta manhã, em Antananarivo

A queda de um avião em Madagáscar provocou a morte dos cinco passageiros a bordo. De acordo com a Aviação Civil de Madagáscar, o aparelho pertencia a uma companhia privada - Madagascar Trans Air.

A aeronave Piper PA 31 despenhou-se nos subúrbios ocidentais da cidade mas as causas deste acidente ainda não foram apuradas. Em comunicado, a Aviação Civil de Madagáscar revelou que nenhum ocupante do avião sobreviveu.

Num voo de treino, o avião encontrava-se a sobrevoar as imediações do aeródromo de Ivato, no principal aeroporto de Antananarivo, quando ocorreu o acidente.

Segundo a Aviação Civil de Madagáscar, já teve início uma "investigação regulamentar da equipa do Departamento de Investigação de Acidentes e Incidentes de Aviação Civil" para apurar responsabilidades.

Exclusivos

Premium

Maria Antónia de Almeida Santos

Uma opinião sustentável

De um ponto de vista global e a nível histórico, poucos conceitos têm sido tão úteis e operativos como o do desenvolvimento sustentável. Trouxe-nos a noção do sistémico, no sentido em que cimentou a ideia de que as ações, individuais ou em grupo, têm reflexo no conjunto de todos. Semeou também a consciência do "sustentável" como algo capaz de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro do planeta. Na sequência, surgiu também o pressuposto de que a diversidade cultural é tão importante como a biodiversidade e, hoje, a pobreza no mundo, a inclusão, a demografia e a migração entram na ordem do dia da discussão mundial.