Cinco homens e duas mulheres à frente do G7

Cimeira que reúne os líderes dos sete países mais ricos do mundo decorre hoje e amanhã em La Malbaie, no Quebeque

Os líderes dos sete países mais ricos do mundo reúnem a partir de hoje no Quebeque. Em relação à cimeira do ano passado, que decorreu em Itália, há uma única mudança, o novo primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

Canadá, EUA, França. Japão, Alemanha, Reino Unido e Itália formam o G7, grupo que já foi de oito: Rússia foi expulsa destas cimeiras por causa da anexação da Crimeia, em 2014.

Cimeiras incluem também a União Europeia, representada pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Mas quem são os atuais sete líderes do G7?

Justin Trudeau

> Primeiro-ministro do Canadá desde 2015, Justin Trudeau é o anfitrião da 44ª cimeira do G7 que decorre até dia 9 em La Malbaie, no Quebeque. Na quarta-feira, o político liberal canadiano foi já avisando o presidente dos EUA de que recusa negociar um acordo bilateral só com o Canadá em vez do NAFTA.

Donald Trump

> Presidente dos EUA desde janeiro de 2017, Donald Trump levará a sua guerra comercial também à mesa do G7. Antes de chegar ao Canadá, decidiu acusar os canadianos de terem causado o incêndio da Casa Branca em 1814 durante a guerra anglo-norte-americana.

Emmanuel Macron

> Presidente francês desde maio de 2017, Emmanuel Macron chegou ao Canadá antes dos restantes líderes do G7 para visita bilateral. Falando em Otava, na quarta-feira, com Trudeau, o político liberal francês defendeu "um multilateralismo forte, responsável e transparente para enfrentar os desafios globais".

Shinzo Abe

> Primeiro-ministro do Japão desde dezembro de 2012, Shinzo Abe manifestará certamente a sua preocupação com a situação na península coreana numa altura em que falta menos de uma semana para a cimeira Trump-Kim Jong-un em Singapura.

Angela Merkel

> Chanceler alemã desde novembro de 2005, Angela Merkel é a líder mais sénior deste grupo do G7. Ficou com esse título após a expulsão da Rússia do G8.

Theresa May

> Primeira-ministra britânica desde julho de 2016, Theresa May surge na cimeira com o dossiê do brexit às costas. Ontem, Londres apresentou uma proposta de acordo que impediria o regresso da fronteira física entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte se o Reino Unido não tiver um acordo com a UE à data do brexit.

Giuseppe Conte

> Primeiro-ministro de Itália desde o dia 1 deste mês, Conte é a grande estreia do G7. E quer reduzir a dívida pública do país através do crescimento e não de medidas de austeridade.

Ler mais

Exclusivos