Presidente do Parlamento Europeu defende respeito pela lei e diálogo

O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, afirmou hoje que a Catalunha tem de respeitar as leis de Espanha e posteriormente lançar um diálogo para chegar a uma solução política.

"Há que respeitar as regras e a Constituição espanhola e depois iniciar um diálogo", disse Tajani, depois de afirmar que não lhe cabe fazer qualquer tipo de mediação por se tratar de uma questão interna de Espanha.

A nível jurídico, "Madrid tem razão", acrescentou o presidente do PE, que falava na capital da Estónia antes de uma cimeira informal dos líderes da UE.

Tajani manifestou ainda a expectativa de que, no domingo não haja violência: "Há regras, há um debate e, em política, não pode haver violência", disse.

O governo catalão (Generalitat) marcou para 1 de outubro um referendo sobre a independência da Catalunha, declarado inválido pelo Tribunal Constitucional de Espanha.

Ler mais

Exclusivos