Macron transmite a Rajoy "compromisso com unidade constitucional de Espanha"

Falaram ao telefone, com o Presidente francês a afirmar que "apenas tem um interlocutor, na pessoa de Rajoy"

O Presidente francês, Emmanuel Macron, transmitiu esta segunda-feira ao primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, "o seu compromisso com a unidade constitucional de Espanha", anunciou a presidência francesa, um dia depois do referendo na Catalunha.

Macron falou hoje telefonicamente com Rajoy para lhe reafirmar que "apenas tem um interlocutor, na pessoa de Rajoy", precisou o palácio do Eliseu num comunicado.

A Catalunha realizou no domingo um referendo sobre a independência, proibido pelo Tribunal Constitucional de Espanha e marcado pela violência da polícia nacional nas operações para encerrar locais de voto.

A Comissão Europeia apelou hoje a "todos os atores" a passarem "da confrontação ao diálogo" e afirmou que "a violência não pode nunca ser instrumento na política".

A Comissão frisou no entanto que "à luz da Constituição espanhola, a votação de ontem [domingo] na Catalunha não foi legal".

Nem a Comissão Europeia nem a presidência francesa fizeram qualquer referência à violência.

O presidente do governo regional catalão, Carles Puigdemont, pediu hoje uma mediação internacional no conflito que opõe a região ao Governo de Madrid e exigiu a retirada dos cerca de 10.000 efetivos policiais enviados para a Catalunha para impedir o referendo.

Exclusivos