Camião danifica as milenares linhas de Nazca, no Peru

Condutor foi detido mas depois libertado. Danos são visíveis do céu

Um condutor de camião peruano foi detido esta quarta-feira acusado de ter danificado, com o veículo, algumas das linhas de Nazca, que têm cerca de 2000 anos.

O homem saiu da estrada e entrou na reserva onde se encontram os famosos desenhos na terra, que só podem ser vistos na sua plenitude a partir do ar e que são Património Mundial da Humanidade.

No trajeto, danificou três figuras com as marcas dos pneus do camião. Segundo o ministério da Cultura do Peru, que inspecionou a zona, a área afetada tem cerca de 50 metros de largura por 100 de comprimento.

As autoridades concluíram que o homem, identificado como Jainer Vigo, não respeitou as sinalizações mas que não o fez intencionalmente, pelo que o libertaram. No entanto, terá de responder na justiça pelos danos provocados.

O condutor, segundo os media internacionais, alegou que teve um problema com uma roda que o levou a perder o controlo do camião momentaneamente.

Uma pessoa no local gravou o camião em vídeo, que pode ver nesta peça da CNN:

Ler mais