Calendário 2017: Uma imagem de Putin para cada mês

O presidente russo volta a ser protagonista de um calendário

Com uma criança, com um gato, perto de uma ave, a subir um trator, sobre uma árvore, com fato de mergulho... Há poses de Vladiomir Putin para todos os gostos no calendário para 2017 que já está à venda na Rússia.

Tal como este ano, o presidente russo é o protagonista de um calendário, sendo o modelo para a página de cada um dos meses e ainda para uma 13.º página, que já tem o calendário para 2018. Em cada uma delas, uma frase de Putin, adequada à imagem.

No mês em que surge vestido de piloto de avião, lê-se que o objetivo é criar um exército que garanta a independência, o respeito pelos parceiros e uma paz estável.

"O ano todo com o Presidente da Rússia", lê-se na capa desta edição, responsabilidade da revista Zvezdi I Soveti (Estrelas e Conselhos, em tradução literal).

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.