Cadeia de hotéis sueca reembolsa os clientes que se divorciarem

Objetivo é fazer compreender os casais que é importante "investir na relação, antes que seja demasiado tarde"

Uma cadeia de hotéis da Suécia anunciou no passado domingo que vai reembolsar os clientes que se divorciarem no ano a seguir a terem passado uma noite nas instalações de um dos hotéis do grupo.

O grupo Countryside, uma cadeia hoteleira de luxo, revelou que a ideia "radical" tem como objetivo fazer as pessoas compreender que é importante "investir na relação, antes que seja demasiado tarde", disse à AFP a porta-voz da empresa, Anna Madsen.

Se, "contra todas as expetativas", os clientes optarem por seguirem caminhos separados nos 12 meses que se seguirem à noite passada num dos hotéis, bastará apresentarem um comprovativo do divórcio para que sejam reembolsados: o hotel garante que devolve o dinheiro de uma estadia até duas noites.

A oferta é válida para todos os casais que estejam "legalmente unidos e fiquem no mesmo quarto", ressalvou a porta-voz do grupo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".