Breitbart usou foto de Podolski para ilustrar artigo sobre gangues de imigração ilegal

A história de uma travessia perigosa de imigrantes ilegais pelo estreito de Gibraltar foi ilustrada com uma fotografia do jogador alemão Podolski a andar de jetski. O site pediu desculpa, com algum humor

O site de extrema-direita Breibart publicou um artigo em que contava as histórias dramáticas de imigrantes clandestinos que eram obrigados a pagar 5000 euros ao gangue pela perigosa travessia de Marrocos a Espanha. Os membros do gangue foram detidos e centenas de imigrantes resgatados pela polícia. Mas o mais bizarro foi que a história foi ilustrada com uma fotografia do jogador de futebol alemão Podolski a ser conduzido num jet ski, de óculos de sol e a fazer o sinal da paz com os dedos, contou o jornal norte-americano The Washington Post.

Mais de cem imigrantes morreram afogados e um jet ski foi apreendido. Mas o que foi embaraçoso para o Breibart é que o homem da foto, no jetski, não era uma vítima do tráfico de seres humanos, nem estava numa travessia desesperada pelo mar, nem sequer estava em Espanha naquele dia. Também não era um traficante de seres humanos. Não, o homem no jet ski era, nem mais nem menos, do que Lukas Podolski, uma estrela do futebol alemão. Ele estava no jet ski sim, mas a meio mundo de distância do local referido no artigo, concretamente, no Brasil, durante uma pausa dos Jogos Olímpicos, como explicou o jornal norte-americano.

Podolski é um dos jogadores mais famosos do mundo. Jogou em mais de 100 jogos internacionais e foi objeto de mais de 20 milhões de pesquisas no Google. Tem 1.7 milhões de fãs no Facebook. Aparentemente, no Breitbart, não sabiam quem ele era. Os editores publicaram hoje umpedido de desculpas pelo erro na publicação da fotografia. "Não há provas de que o sr.Podolski seja um membro de um gangue de imigração ilegal ou que seja uma vítima de tráfico de seres humanos. Desejamos o melhor ao sr.Podolski na sua anunciada retirada da Seleção alemã".

Ler mais

Exclusivos