Bomba artesanal explode no centro de Roma

Não há registo de vítimas, apenas danos materiais

Uma bomba artesanal explodiu esta manhã em Roma, Itália, no parque de estacionamento junto a um dos mais importantes postos dos correios da cidade, na avenida Aventino. Não há vítimas a registar e a área foi entretanto isolada pelas autoridades.

Tratava-se de um explosivo rudimentar, colocado dentro de uma caixa de plástico entre duas viaturas num parque de estacionamento, informa a agência de notícias Ansa. Antes da explosão deste engenho, terá sido registada uma primeira explosão, mais reduzida, a que os bombeiros - cujo quartel se situa naquela avenida, mas do lado oposto do local onde ocorreu a explosão - se preparavam para acorrer com extintores, por se terem apercebido que tinha deflagrado um pequeno incêndio.

Não há registo de feridos, mas os veículos no parque de estacionamento ficaram danificados. De acordo com a comunicação social italiana, houve momentos de pânico entre os funcionários dos correios que já se encontravam nas instalações.

A explosão ocorreu cerca das 9:00 locais (mais uma hora que em Lisboa) e as autoridades estão a analisar o local, admitindo a possibilidade de o engenho ter sido ativado à distância. As imagens captadas pelas câmaras de vigilância poderão ajudar na investigação.

Ainda não há confirmação oficial, mas a polícia de Roma está a equacionar que o ataque, que se supõe ser uma demonstração de força sem objetivo de fazer vítimas, possa ser da responsabilidade de grupos anarquistas e tenha ligação com uma outra explosão, que aconteceu há poucos dias num armazém dos Correios nos arredores de Roma também sem fazer vítimas. Explosões do mesmo género em cidades italianas têm sido atribuídas a anarquistas.

Ler mais

Exclusivos