Bannon deixa Breitbart após polémica com Trump

Antigo conselheiro e estratega de Donald Trump foi citado no livro de Michael Wolff a criticar a família do presidente norte-americano.

Steve Bannon deixou o cargo de diretor executivo da Breitbart News, anunciou o site de notícias de direita alternativa. A saída surge depois de o antigo conselheiro e estratega de Donald Trump ter sido citado num livro a criticar o presidente.

"O Steve é uma parte valiosa do nosso legado e estaremos sempre gratos pelo seu contributo e o que nos ajudou a conseguir", indicou o presidente executivo, Larry Solov.

De acordo com o site, Bannon e a Breitbart "vão trabalhar juntos numa transição suave e ordenada". Bannon era diretor executivo desde 2012, tendo deixado o site em agosto de 2016 para assumir um cargo de liderança na campanha de Trump, que acompanhou para a Casa Branca. Foi afastado em agosto de 2017, regressando ao Breitbart, que agora deixa devido alegadamente à pressão da financiadora Rebekah Mercer, uma das principais doadoras para a campanha de Trump.

No livro Fire and Fury (Fogo e Fúria, uma expressão usada por Trump para ameaçar a Coreia do Norte), do jornalista Michael Wolff, Bannon é citado a dizer que a reunião do filho do presidente com uma advogada russa em junho de 2016 foi "uma traição" e "antipatriótrica".

Trump reagiu dizendo que Bannon tinha perdido a cabeça: "Steve Bannon não tem nada a ver comigo ou a minha presidência. Quando foi despedido, não perdeu apenas o trabalho, perdeu também a cabeça." E acrescentou: "Steve finge estar em guerra com os media, aos quais ele chama partido da oposição e, no entanto, passou o seu tempo na Casa Branca a divulgar informação falsa aos media para fazer parecer que era mais importante do que o que realmente era. É a única coisa que ele faz bem."

Ler mais

Exclusivos

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.